BLOG DO JAKSON FITIPALDI

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Eleitor que não votou nas últimas eleições tem uma semana para regularizar situação


O eleitor, que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições ou não pagou as multas correspondentes, tem até 2 de maio para regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral. Após essa data, uma semana de prazo restante, os eleitores nessa condição que não estiverem regulares, correm o risco de ter o título cancelado.

Em todo o país, mais de um milhão de eleitores (1.897.640) estão com seus títulos irregulares por ausência nas três últimas eleições. Na cidade de São Paulo (SP), esse número chega a 118.837 eleitores, no Rio de Janeiro (RJ) o total é de 119.734, em Belo Horizonte (MG) são 26.570, em Salvador (BA) esse número é de 31.263, e em Porto Alegre (RS) 18.782. Para conferir todos os municípios, clique aqui.

A legislação considera cada turno de votação um pleito em separado para efeito de cancelamento de título. O cancelamento automático do título de eleitor ocorrerá de 17 a 19 de maio de 2017.

O parágrafo 6º do Provimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 1/2017 estabelece que “será cancelada a inscrição do eleitor que se abstiver de votar em três eleições consecutivas, salvo se houver apresentado justificativa para a falta ou efetuado o pagamento de multa, ficando excluídos do cancelamento os eleitores que, por prerrogativa constitucional, não estejam obrigados ao exercício do voto”.

Assim, os eleitores com voto facultativo (analfabetos, eleitores de 16 a 18 anos incompletos e maiores de 70 anos) ou com deficiência previamente informada à Justiça Eleitoral não necessitam comparecer ao cartório para regularizar a sua situação.

O que levar
Para fazer a regularização, o eleitor deverá apresentar no cartório eleitoral documento oficial com foto, comprovante de residência e, se possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa.

Pesquisa
O cidadão pode consultar sua situação perante a Justiça Eleitoral por meio de pesquisa na aba Eleitor no link “Consulta por nome”, entre outros tópicos, localizada na barra verde superior da homepage do Portal do TSE ou no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado. Pode ainda ir ao cartório eleitoral e solicitar essa informação.


Atleta garanhuense conquista pentacampeonato brasileiro de judô



Vitória Araújo, atleta garanhuense de apenas 15 anos, conquistou ontem (22), o quinto título consecutivo de Campeã Brasileira de Judô - Regional II, na categoria Sub 18 Feminino-Pesado (+70kg). Depois de ser convocada para integrar a Seleção Brasileira Sub-18 de Judô.

Vitória venceu a paraibana Thainar Santos por Wazari, numa final emocionante que terminou no God Score, com 6 minutos e 20 segundos de duração. O Campeonato Nacional foi realizado no Ginásio do SESI, em Aracaju-SE e integra o calendário nacional da Confederação Brasileira de Judô (CBJ). “Nessa segunda-feira, Vitória já volta aos treinos visando participar de dois grandes eventos, o Nacional que será realizado na Bahia e os Jogos da Juventude, em Brasília”, registra Presley Araújo, treinador da atleta, que conta com o patrocínio do Governo Municipal de Garanhuns, através da Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer.

Também esteve presente na competição o judoca garanhuense Rafael Alexandre Gondim, da Academia Presley Araújo de Judô, também se destacou na Competição Nacional ao conquistar a 5ª colocação na categoria Sub 18 Masculino - Meio Pesado (90kg).

quarta-feira, 19 de abril de 2017

ÁGUAS DO “VELHO CHICO”: Garanhuns poderá ser incluída no projeto da Adutora do Agreste


Maior obra hídrica em atividade no Nordeste, dividida em cinco etapas de construção a Adutora do Agreste levará água do “Velho Chico” para o Agreste pernambucano perenizando dessa forma açudes e reservatórios, garantido assim a segurança hídrica da região.

Porém as etapas previstas da obra beneficiam em grande parte o Agreste Setentrional e as cidades de Àguas Belas, Iati, São Bento do Una e Lajedo no Agreste Meridional, sendo necessário ampliar essa obra para que o projeto possa abranger mais cidades de nossa região, inclusive Garanhuns uma vez que a seca, que já vem castigando há mais de seis anos não dá trégua.

Diante dos fatos o vereador Audálio aprovou na Câmara Municipal de Garanhuns o Requerimento Nº 135/17 onde solicita a inclusão do município de Garanhuns no projeto da Adutora do Agreste com ramal para perenização das barragens do Cajueiro, Inhumas e Mundaú garantindo assim o abastecimento tanto de Garanhuns quanto das cidades do entorno como Caetés, Capoeiras, Brejão, São João, Jucati e etc.

A proposta do parlamentar garanhuense é a construção de um ramal interligando a rede de abastecimento a partir da conclusão da 5ª etapa da referida adutora que terá como trecho final o município de Lajedo distante 30 Km de Garanhuns e desembocando assim nas barragens do Cajueiro, Inhumas e Mundaú I em nosso município. A proposição foi encaminhada para o ministro da Integração Nacional Helder Barbalho, o governador Paulo Câmara e o presidente da COMPESA Roberto Tavares.

“Com as condições climáticas que vem atingindo nosso planeta dificilmente voltaremos a ter água suficiente em nossos mananciais, dessa forma solicitamos a inclusão do município de Garanhuns no projeto da Adutora do Agreste para perenização das barragens do Cajueiro, Inhumas e Mundaú garantindo assim o abastecimento de Garanhuns e cidades do entorno” ressaltou o vereador Audálio autor da proposta.



terça-feira, 11 de abril de 2017

Fotógrafo revela a Paixão de Cristo vista de novos ângulos de visão



Buscando mostrar as cenas da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém de novos ângulos de visão, o fotógrafo Felipe Souto Maior se vestiu de homem do povo da Jerusalém nos tempos de Jesus e se misturou com os figurantes que participam da encenação. Procurando ficar sempre no fundo do palco e com a câmera encoberta por um pano, ele conseguiu captar belas imagens de pontos de vista inusitados.

O resultado do trabalho foram fotos muito expressivas que retratam toda a dramaticidade do espetáculo transmitida pelas interpretações dos atores e atrizes, além de revelar um público com olhares magnetizados pelo enredo que se desenrola nos cenários da cidade-teatro localizada no município pernambucano do Brejo da Madre de Deus, há 160 quilômetros de Recife.

Com participação de 50 atores e 400 figurantes, a temporada 2017 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém começou no último dia 8 e vai até sábado (15). No ano do seu cinquentenário, o espetáculo tem no seu elenco a participação dos artistas convidados Rômulo Arantes Neto (Jesus), Letícia Birkheuer (Maria), Joaquim Lopes (Pilatos), Aline Riscado (Herodíades), Adriana Birolli (Madalena), Raphael Vianna (Herodes) e Jesus Luz (Apóstolo João).

Os ingressos podem ser adquiridos em agências de viagens ou por meio do site oficial (www.novajerusalem.com.br). As entradas para o espetáculo custam de R$ 100,00 a R$ 140,00, dependendo do dia, com meia-entrada para estudantes, professores de Pernambuco e público de até 14 anos. Nas compras feitas pelo site, o valor do ingresso poderá ser parcelado em até 12 vezes nos cartões de crédito.












Iniciado planejamento para atualização cadastral de programas sociais em Garanhuns

Ação acontecerá por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos 
 



por CLOVES TEODORICO

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) iniciou os preparativos para a atualização cadastral dos beneficiários dos programas sociais incluídos no Cadastro Único (CadÚnico). Prioritariamente, passarão pelo recadastramento os garanhuenses que recebem o Benefício da Prestação Continuada (BPC). O cronograma da ação, que conta com a parceria da Gerência-Executiva Garanhuns do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), está em formatação e deve ser divulgado em breve.

A atualização cadastral, coordenada pela Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc) do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), tem o objetivo de averiguar aqueles casos em que o sistema nacional identificou algum tipo de inconsistência de informações e revisar os dados básicos do beneficiário que recebe o BPC. Em paralelo, as famílias incluídas no Programa Bolsa Família (PBF), na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e no Bolsa Verde também estarão passando por convocações para a atualização.

Cenário municipal do BPC – De acordo com o gestor do CadÚnico, Humberto Granja, atualmente, Garanhuns possui 8.900 pessoas beneficiadas pelo Benefício da Prestação Continuada. “Essas famílias serão organizadas em grupos com prazos de atualização diferenciados. A execução desse trabalho vai se iniciar ainda neste semestre. Vamos dividir a ação por área. Devemos finalizar a parte que engloba as pessoas idosas até o final deste ano. E a partir de janeiro de 2018 começará a etapa com pessoas com algum tipo deficiência”, explica.

No próximo dia 20, os cadastradores municipais e técnicos da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos receberão uma capacitação que vai tratar sobre a nova legislação e como irá funcionar a metodologia de trabalho durante a atualização cadastral no município.

Foto: Divulgação SASDH / MDSA 


sexta-feira, 7 de abril de 2017

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém estreia neste sábado com muitas novidades e grande elenco



Muitas novidades e um grande elenco esperam o público que for assistir a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém na temporada 2017, que começa neste sábado, dia 8 de abril e vai até o dia 15, no município do Brejo da Madre de Deus (PE), a 160 km do Recife. 

Neste ano, o mega espetáculo encenado no maior teatro ao ar livre do mundo está completando 50 anos de apresentações e, para marcar as comemorações do jubileu de ouro, a Sociedade Teatral de Fazendo Nova introduziu novas cenas grandiosas, renovou figurinos e apresentará um elenco de artistas convidados com nomes de destaque no cenário nacional: Rômulo Arantes Neto (Jesus), Letícia Birkheuer (Maria), Joaquim Lopes (Pilatos), Aline Riscado (Herodíades), Adriana Birolli (Madalena), Raphael Vianna (Herodes) e Jesus Luz (Apóstolo João). 
  
Além dos artistas convidados, o elenco é formado também por mais de 50 atores e atrizes locais, onde se destacam Ricardo Mourão (Caifás), Ednaldo Lucena (Anás), Júlio Rocha (Pedro) e muitos outros. A encenação conta com a experiente direção artística dos pernambucanos Carlos Reis e Lúcio Lombardi, que desde 1997 conduzem com maestria a montagem dos grandiosos espetáculos. A produção executiva e a coordenação geral estão a cargo de Robinson Pacheco, filho de Plínio Pacheco, que foi o idealizador e construtor da cidade teatro de Nova Jerusalém. 
  
Uma das inovações cenográficas desta temporada poderá ser vista no cenário do Palácio de Herodes, onde acontece o Bacanal. Durante a festa, chegam os Sacerdotes judeus levando Jesus preso para que o Rei Herodes o julgue. A novidade nessa cena será a entrada apoteótica do Rei Herodes e sua Rainha Herodíades em uma suntuosa e gigantesca carruagem dourada, conduzida por dezesseis escravos mascarados, usando figurinos negros, passando um clima de mistério e revelando toda a imponência do Rei da Galiléia. 
  
Além disso, a cinematográfica cena do Fórum Romano, onde Pôncio Pilatos lava as mãos e condena Jesus à morte, será ainda mais impactante. A entrada do governador romano em seu Palácio, numa Biga Romana puxada por belos cavalos negros e brancos, foi totalmente renovada. Uma enorme passarela em pedra foi construída para dar total visibilidade à entrada do governador da Judéia em seu fórum, de forma que, no trajeto de acesso ao Palácio, toda a sua centúria estará perfilada lateralmente prestando reverência ao Procurador Romano. 
  
Essas novas cenas vão enriquecer ainda mais a Paixão de Cristo, já consagrada como um mega espetáculo apresentado por 50 atores e cerca de 400 figurantes em uma cidade-teatro de 100 mil m², cercada por gigantescas muralhas de pedra de quatro metros e 70 torres de sete metros. Em seu interior, nove palcos plateia, que são réplicas dos prédios e lugarejos da Jerusalém dos tempos de Jesus, criam os cenários marcados pelo realismo e beleza plástica. 
  
Já assistido por cerca de 3,8 milhões de pessoas, a encenação é uma das principais atrações turísticas do Brasil na Semana Santa. Todos os anos, o espetáculo atrai, por dia, uma média de 7 mil expectadores que acompanham a encenação como se fossem o povo de Jerusalém que acompanhava o desenrolar dos acontecimentos dos últimos dias de Jesus. São pessoas de todas as idades, vindas de vários estados do Brasil e do exterior. 

INGRESSOS 
          Os ingressos podem ser adquiridos em agências de viagens ou por meio do site oficial (www.novajerusalem.com.br). As entradas para o espetáculo custam de R$ 100,00 a R$ 140,00, dependendo do dia, com meia-entrada para estudantes, professores de Pernambuco e público de até 14 anos. Nas compras feitas pelo site, o valor do ingresso poderá ser parcelado em até 12 vezes nos cartões de crédito. 
 
 

quarta-feira, 29 de março de 2017

AMSTT e IPEM - Serviço de táxi e mototáxi é agenda de encontro

Encontro aconteceu na capital pernambucana e rendeu parcerias futuras em prol da melhoria dos serviços de transportes de Garanhuns





O presidente da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), Elielson Pereira, esteve reunido, nessa terça-feira (28), com o presidente do Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem/PE), Adriano Nemésio Martins, para discutir pautas de interesse coletivo. Na agenda, que aconteceu no Recife e teve a participação do secretário-adjunto Adilson Sulene, também foi adiantada a possibilidade da chegada de um escritório do instituto no município.

O encontro se resumiu em um assunto prioritário: a melhoria nos serviços de taxistas e mototaxistas. Inicialmente, atendendo a um pedido dos taxistas de Garanhuns, o presidente da AMSTT solicitou a presença mensal de um metrologista – profissional responsável pela calibração interna e externa de equipamentos – para atender as demandas da categoria que, atualmente, precisa se deslocar para Caruaru, a pouco mais de 100km de distância, para resolver demandas com o veículo.

Na ocasião, foi firmada uma parceria entre estado e município na preparação de um estudo de viabilidade técnica para a implantação de mototaxímetros – equipamento para emitir o valor da passagem de acordo com roteiro – nos mototaxistas regulamentados. De acordo com Elielson Pereira, titular da autarquia municipal, já existe um equipamento do tipo em teste no território nacional.

segunda-feira, 27 de março de 2017

STUDIO KA - Design de Interiores Karyne Fagundes vai inaugurar loja em Garanhuns



Formada em Design de Interiores, pelo Instituto Brasileiro de Design de Interiores de São Paulo - SP. Atuando nas áreas residenciais, comerciais e paisagismo, Karyne Fagundes em breve estará inaugurando o Studio KA em Garanhuns. Com  estilo contemporâneo e utilizando o clássico em seus projetos, a design busca através da decoração realizar sonhos e levar felicidade para seus clientes.

O Studio KA terá um espaço aconchegante, exclusivo, requintado e o melhor;  Tudo pensado em você! Construindo sonhos, promovendo projetos diferenciados e um bom gosto que tornará a sua casa ou qualquer outro ambiente mais parecido com você.


Aguardem!!! 

Ciretran de Garanhuns tem retorno parcial de serviços




Devido o retorno ao trabalho de alguns servidores grevistas, a 5° Ciretran (Detran de Garanhuns) retornará parcialmente às suas atividades, a partir desta terça-feira (28/03). Serão liberados 40 atendimentos diários, sendo 20 para veículos e 20 para habilitação. 

Os serviços fornecidos são:

1-      Capturas de fotos para CNH;
2-      Prova teórica;
3-      Serviços de habilitação, exceto exames práticos;
4-      Recurso de multa;
5-      Protocolo;
6-      1° emplacamento;
7-      Entrega de CNH, CRLV e CLV;
8-      Liberação de veículos apreendidos.
9-      Transferências de veículos que já possuam vistoria.

Obs.:

1-      Os agendamentos serão realizados a partir de 28/03/2017;
2-      Os despachantes deverão agendar o atendimento e anexar ao processo o comprovante de atendimento;

3-      Serviços que dependam de vistoria não estão sendo realizados.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Entenda o projeto de lei da terceirização para todas as atividades



Nesta quarta-feira (22), a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do projeto de lei que autoriza o trabalho terceirizado de forma irrestrita para qualquer tipo de atividade. O projeto seguirá agora para sanção presidencial.

Enviada ao Congresso pelo governo Fernando Henrique Cardoso em 1998, a proposta já havia sido aprovada pela Câmara e, ao passar pelo Senado, sofreu alterações. De volta à Câmara, o texto aguardava desde 2002 pela análise final dos deputados.

Em 2015, a Câmara aprovou um outro projeto, com o mesmo teor, durante a gestão do ex-presidente da Casa Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O texto foi enviado para análise do Senado, mas ainda não foi votado.

Veja abaixo perguntas e respostas sobre a terceirização

O que é?

Na terceirização, uma empresa prestadora de serviços é contratada por outra empresa para realizar serviços determinados e específicos. A prestadora de serviços emprega e paga o trabalho realizado pelos funcionários. Não há vínculo empregatício entre a empresa contratante e os trabalhadores das empresas prestadoras de serviços.

Como é hoje?

Hoje, não há legislação específica sobre terceirização. No entanto, existe um conjunto de decisões da Justiça - chamado de súmula - que serve como referência. Nesse caso, essa súmula determina que a terceirização no Brasil só é permitida nas atividades-meio, também chamadas de atividades secundárias das empresas.

Auxiliares de limpeza e técnicos de informática, por exemplo, trabalham em empresas de diversos ramos. Por isso, suas ocupações podem ser consideradas como atividades-meio, ou seja, não são as vagas principais da empresa.

Como deverá ficar?

Se a lei for sancionada pelo presidente Michel Temer, haverá permissão para terceirização de qualquer atividade.

Uma escola, por exemplo, poderá contratar de uma empresa terceirizada tanto faxineiros e porteiros (atividades-meio) quanto professores, que são essenciais para dar aulas (atividades-fim).

Quem vai contratar os funcionários e pagar os salários?

O trabalhador será funcionário da empresa terceirizada que o contratou. Ela que fará a seleção e que pagará o salário. Por exemplo, uma fábrica de doces contrata uma empresa terceirizada que presta serviço de limpeza. Os auxiliares de limpeza, nesse caso, serão funcionários da empresa terceirizada, que os contratou, não da fábrica de doces.

Existe algum vínculo de emprego entre a empresa que contratou os serviços da terceirizada e os funcionários da terceirizada?

O projeto aprovado pela Câmara não prevê vínculo de emprego entre a empresa que contratou o serviço terceirizado e os trabalhadores que prestam serviço. Por exemplo, um garçom terceirizado não terá vínculo de emprego com o restaurante onde trabalha. Seu vínculo será com a empresa terceirizada que o contratou para prestar esse tipo de serviço.

Caso os trabalhadores terceirizados fiquem sem receber e procurem a Justiça, qual das empresas vai ter que pagar?

O texto aprovado prevê que a empresa que contratou o funcionário é responsável pelo pagamento. O processo corre na Justiça do Trabalho como qualquer outro. No entanto, se a terceirizada for condenada pela Justiça a pagar e não tiver mais dinheiro nem bens, a empresa que contratou seus serviços será acionada.

E as contribuições previdenciárias?

De acordo com texto aprovado, as contribuições ao INSS deverão seguir uma regra já determinada em lei. A empresa que contrata a terceirizada recolhe 11% do salário dos funcionários. Depois, ela desconta do valor a pagar à empresa de terceirização contratada.

Como ficam as condições de trabalho dos terceirizados?

É facultativo garantir aos terceirizados o mesmo atendimento médico e ambulatorial destinado aos empregados da contratante, assim como o acesso ao refeitório. Já as mesmas condições de segurança são obrigatórias.

Há alguma mudança para os trabalhadores temporários?

Nesta quarta-feira, também foi aprovada ampliação do tempo em que o trabalhador temporário pode ficar na mesma empresa. De três meses, o prazo foi ampliado para seis meses. Além desse prazo inicial, poderá haver uma prorrogação por mais 90 dias.

Na prática, a extensão do prazo de contratação de trabalhador temporário para nove meses já estava valendo por meio de portaria do governo de 2014. No entanto, após a sanção desse projeto de lei aprovado na quarta-feira pela Câmara, o novo prazo vira lei.

Qual é a avaliação que fazem da aprovação da terceirização?

Críticos da proposta enxergam na possibilidade de terceirização da atividade-fim uma abertura generalizada que precarizará uma modalidade de trabalho já fragilizada.


Favoráveis ao texto, no entanto, afirmam que a regulamentação trará segurança jurídica e terá resultados na geração de emprego, razão pela qual o tema ganhou o interesse do Palácio do Planalto.