BLOG DO JAKSON FITIPALDI: Secretaria de Meio Ambiente realiza encontro para tratar sobre a poluição sonora e poluição visual em Garanhuns

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Secretaria de Meio Ambiente realiza encontro para tratar sobre a poluição sonora e poluição visual em Garanhuns


Dando continuidade à série de reuniões sobre a legislação ambiental vigente no município de Garanhuns, Agreste Meridional do Estado, a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) realiza, na próxima quarta-feira (06), um encontro para tratar sobre a poluição sonora e poluição visual. O momento, direcionado a empresários que trabalham na área de Audiovisual – incluindo serviços de carro-de-som e produção gráfica –, acontece no auditório do Centro Administrativo, localizado na avenida Caruaru, S/N, bairro Heliópolis, a partir das 15h.

Na semana passada, o foco da reunião de divulgação do Sistema Municipal de Meio Ambiente foi a construção civil. Desta vez, estão sendo convocadas as empresas que realizam serviços de publicidade e áreas afins. De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Renato Mattos, o encontro com os profissionais que trabalham diretamente com esses serviços facilita a compreensão das leis. “Como eles estão na linha de frente, executam parte dessas ações que podem provocar danos à saúde humana e ao ambiente, a importância da ocasião aumenta ainda mais”, diz.

É considerado poluição sonora todo tipo de som que altera a condição normal de audição. Atualmente, com o crescimento e desenvolvimento das cidades, o quadro de poluição sonora tornou-se mais comum, afetando a qualidade de vida da população. A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que um som deve ficar em até 50 decibéis (DB) para não ter consequências negativas na saúde das pessoas. Entre os principais problemas estão insônia, perda da audição, aumento da pressão arterial, além da queda do rendimento profissional.

Já no caso da poluição visual, os estudiosos consideram como fator determinante de desconforto visual a grande quantidade de elementos destinados à comunicação visual numa só área – como por exemplo: cartazes, anúncios, placas, pichações e outdoors.



Nenhum comentário :

Postar um comentário